Hoje eu cancelei meu cartão de crédito…

… e me livrei de uma conta bancária.

Faz pelo menos dois anos que tenho mantido três contas bancárias diferentes (em bancos diferentes): uma conta corrente, uma conta poupança e uma conta corrente com cartão de crédito.

A última, do Santander, é a que sempre me deu mais trabalho – além de ter que lidar com a fatura do cartão, ainda tinha as taxas e uma série de exigências de utilização da conta. Para não pagar o pacote de serviços (R$ 33,00 para a uma conta universitária!!!), eu precisava realizar pelo menos um depósito na poupança e um pagamento de conta por mês. Como eu não recebia nesse banco, precisava fazer transferências de um banco para outro todo mês o que, convenhamos, é bem estressante e uma grande perda de tempo.

O cartão de crédito era útil, mas de uns tempos para cá eu percebi que vinha comprando demais, e a fatura sempre chegava alta. Felizmente, nunca fiquei devendo nem precisei pagar o mínimo, mas ainda sim era um gasto que eu queria (e precisava) cortar.

Então, esse mês eu paguei a fatura mais o valor de duas compras que viriam na próxima, e cancelei o cartão. Hoje fui ao banco, saquei o resto de dinheiro que tinha na conta e a encerrei. Ainda preciso esperar 30 dias e receber uma carta do Santander confirmando o cancelamento, mas considero que está tudo certo.

Acho que duas contas bancárias são suficientes para manter as minhas finanças organizadas. Já adianto que farei outro cartão de crédito no futuro, no banco onde recebo meu salário, porque acho útil ter um cartão, mas vou controlar os gastos com mais rigor.

Anúncios

10 comentários sobre “Hoje eu cancelei meu cartão de crédito…

  1. Estou ensaiando cancelar um dos meus dois cartões e até hoje não consegui. 😦 E pior que eu quebrei o cartão, mas né, internets.Pra completar, acabou que ele estava vencendo e mandaram outro. ¬¬’

    Tem que ter muita força de vontade mesmo pra se livrar desses sugadores de dinheiro.

    • Precisa de muita força de vontade mesmo, viu? Se você quiser mesmo cancelar, faça como eu: deixe o cartão zerado (pague a fatura e, se precisar, faça um pagamento avulso com os valores que virão no próximo mês) e ligue cancelando o cartão na mesma semana.
      Quando mais a gente adia, mas vai gastando!

      • Só pra registrar, ainda não cancelei os cartões (eu sei!), mas estou com ambos quebrados. Já tinha quebrado o que pretendia cancelar (estou só esperando acabar de pagar as parcelas) e o outro eu fiquei muito revoltada quando me dei conta que a fatura fechou mais cedo porque eu usei todo o limite!!! Usei comprando coisas que não precisava, o pior.

        Ambos vencem esse ano. O primeiro eu já recebi segunda via, mas não vai ser desbloqueado. Esse da fatura ainda não chegou, mas só vai ser desbloqueado quando eu puder pagar as coisas que comprar sem dividir (preciso dele porque é internacional e compro cosméticos asiáticos).

  2. Parabéns! Eu tinha dois cartões antigamente e acabei cancelando um deles pq não fazia a menor diferença pra mim. Hoje mantenho um cartao mas tento pagar o máximo possivel em debito e não acumular parcelas a não ser que seja extremamente necessario!

    • É verdade, Di, depois de um ano de uso do cartão eles aumentaram o meu limite, e também viviam oferecendo crédito pessoal e afins… É necessário tomar cuidado com essas “oportunidades”, na maioria das vezes elas só servem para tirar dinheiro das pessoas.

  3. Eu tinha 3 cartões de crédito. Do meu banco eu tinha um nacional e um internacional. De uma loja eu tinha outro internacional. Fiquei desempregada o banco diminuiu drasticamente meus limites sem me avisar. Pra não brigar, deixei como estava, afinal, melhor assim. Arrumei outro emprego e depois de um ano ainda não tinha o perfil adequado para um aumento de limite. E as taxas enormes! Aí fiquei com raiva e cancelei o cartão internacional do banco depois de pagar tudo. Hoje eu tenho apenas o nacional (que agora eles aumentaram o limite depois de me oferecer milhões de vezes um novo cartão internacional) e o internacional da loja, com limite baixo, mas que não me cobra anuidade. Aceitei o aumento do limite do nacional porque viajo com frequência e sem cartão para parcelar eu era obrigada a comprar no boleto da GOL que é um verdadeiro absurdo de juros. E o internacional da loja ainda mantenho para fazer compras de emergência no exterior, embora eu tente ao máximo pagar tudo com grana. Tô pensando ainda se me desfaço dele…

    • Acho que você fez uma boa escolha, Fê. Já li em blogs minimalistas que era bom ter dois cartões de créditos com bandeiras diferentes, mas pra mim isso não é necessário. Eu ainda estou sem cartão, mas vou fazer um no futuro e ficar só com ele mesmo. Prefiro que meu cartão seja internacional porque gosto de fazer compras pela internet, muitas vezes em sites estrangeiros. Para o seu caso também é útil, né? Agora as taxas são mesmo complicadas de lidar… É bom verificar se o banco tem algum outro pacote ou alguma maneira de não cobrar anuidade. No meu caso, com o Santander, não teve jeito, então cancelei. Você está certa em tentar não usar tanto o crédito, é fácil perder o controle e se endividar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s