Objetivos financeiros para 2015/2016

Durante boa parte de 2013 e todo o ano de 2014, meu principal objetivo financeiro foi “juntar dinheiro para poder morar sozinha”. Com esse desejo realizado, no início do ano defini novos objetivos para conquistar:

  • Economizar mais: dizem que o ideal é poupar pelo menos 10% do salário. Atualmente, eu consigo guardar 25%. Depois que terminar de mobiliar/decorar meu apartamento, é provável que eu economize mais um pouco. Quero um dia poder poupar 50% do pagamento, mas isso ainda está longe…
  • Ter uma poupança para “gastos gerais”: uma parte do dinheiro que guardo vai para essa poupança, que vai servir para quando eu quiser fazer uma compra ou pagamento maior (algum móvel, um curso, uma viagem, etc.), assim não preciso me preocupar com parcelas nem fico endividada.
  • Ter uma reserva de emergência: todos os sites de finanças que leio dizem que é necessário ter uma reserva de 3 a 6 meses de salário para emergências. De acordo com as minhas contas, conseguirei juntar 3 meses de salário só no ano que vem, mas o importante é que estou guardando o dinheiro para isso.
  • Controlar meu orçamento mais de perto: todo ano eu defino um orçamento, e apesar de manter meus gastos dentro do limite geral, eu não costumo seguir à risca os limites das categorias – se eu defino, por exemplo, R$ 100,00 para gastar com alimentação, mas no final do mês eu acabo gastando R$ 220, eu estou fugindo do orçamento, mesmo que a falta de gastos em outras categorias compense o valor final no mês. Preciso começar urgentemente a obedecer os limites que eu defini!

O objetivo mais complicado de alcançar está sendo o último… Os outros eu estou seguindo à risca. Acho que só preciso de um pouquinho mais de disciplina.

Anúncios

4 comentários sobre “Objetivos financeiros para 2015/2016

  1. Bem legal essa sua forma de organizar os gastos! Confesso que tenho sido meio relapsa em relação aos meus mas sempre é tempo de rever nossa forma de lidar com dinheiro! 🙂 Obrigada por partilhar. Certamente vou aplicar suas dicas na minha rotina.

    Abraço!

  2. UAU Bárbara, só de já estar conseguindo poupar 25% do que ganha já está muito à frente do que a maioria da população….hehehe….meus parabéns!!!!!
    Eu, graças a Deus, estou conseguindo me manter no azul, mas ultimamente está muito difícil guardar…não estou guardando nada nada…e aí acho que o que está pegando também é a questão do acompanhamento e controle dos gastos…mas tenho esperanças de melhorar! Comecei a controlar no “Minhas Economias”, agora tenho que me policiar/gerenciar mais….hehehe…quero começar com 10% e ir aumentando depois claro! =)
    Obrigada por compartilhar!

    • Oi, Yasmin. Para conseguir guardar esse tanto precisei de muitos anos de “treino”! 😀
      Realmente, sem saber exatamente no quê/quanto você gasta fica difícil poupar. Uma dica que te dou é sempre reservar o dinheiro para a poupança assim que você receber, aí não corre o risco de esquecer ou acabar gastando. E mesmo que você ainda não consiga poupar os 10% do salário, guarde o que puder, já é um começo. Boa sorte!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s