A tentação dos supermercados “chiques”

Costumo fazer minhas compras semanais em supermercados mais populares, que tem os preços mais baixos. Acontece que nem sempre encontro ingredientes para uma ou outra receita nesses mercados, então procuro nos estabelecimentos mais de classe média-alta (supermercados “de rico”, como costumo chamar), onde é mais provável achar itens incomuns.

Foi o que aconteceu nesse fim-de-semana. Queria fazer uma moqueca, precisava de caldo de camarão e não achei em lugar nenhum. Então, no sábado, fui com meu namorado em uma das lojas do Super Nosso. Nossa ideia inicial era comprar uma caixinha de caldo de camarão (se houvesse) e algumas frutas para fazer suco. Só que aí começamos a andar pelo supermercado, ver coisas “interessantes” em oferta… No fim das contas, saímos com 130 reais em compras, a maioria delas supérfluos como chás, molhos e temperos.

Está aí uma coisa que não consigo controlar ainda: a vontade de comprar “coisas gostosas” para comer ou usar em receitas. Geralmente eu sou bem prática na hora de fazer compras, faço listas, planejo, mas se aparece a oportunidade eu não penso duas vezes. Agora estou aí, com o orçamento comprometido até receber o salário em março. 😦

Meu namorado diz para eu não ficar triste e pensar que agora tenho várias comidas gostosas para preparar e comer, mas eu ainda me sinto mal por cometer um erro tão básico quanto fazer compras por impulso – já perdi esse hábito com roupas e todas as outras coisas, menos comida. Nessas horas vejo que tenho um longo caminho pela frente…

Anúncios

15 comentários sobre “A tentação dos supermercados “chiques”

    • Hahaha sem problemas, Victoria. Acontece que eu costumo definir uma quantia X para compras semanais, e com o dinheiro do mês acabando, essa compra extra comprometeu um pouco meu dinheiro para compras. Fazer o quê, né?

      • 😉 compreendo perfeitamente rs!!!

        Sabe Barbara, é como você mesma disse “o caminho é longo” e o controle é continuo (nunca acaba e sempre falta um “pingo no i”), porém o mais importante de tudo isso é você ter a sensibilidade de perceber onde precisa refinar 😉

        Beijos!

  1. faco economia pra tudo menos pra comer…
    se estamos com desejo de comer algo diferente ou de caprichar em um prato especial
    não pensamos duas vezes , afinal de contas temos que comer enquanto temos saude.

    • Oi Helen. Eu concordo com você, e também costumo realizar meus desejos quando quero comer ou cozinhar algo bom/diferente. Meu problema é que, quando preciso economizar, eu poderia muito bem deixar as receitas elaboradas para outro dia, ou comprar ingredientes mais baratos, o que não foi o caso dessa vez. :/

  2. Vc não está sozinha! Eu cometo sempre esse pecado!
    E esse foi um dos maiores desafios quando fiquei desempregada porque já não podia comprar mil coisas ou sair pra comer como sempre gostei de fazer, maneirar nas compras e fico só no básico foi bem sofrido 😢
    Eu acho que podemos sim, às vezes, libertar um pouquinho, mas mantendo o pé no chão porque são muitas as tentações.
    Bjinhos!

    • É difícil, né? Acho errado economizar com comida, principalmente porque é uma das maiores necessidade humanas, mas ao mesmo tempo bate uma culpazinha por estar gastando com comidas “de rico”…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s