Jejum de compras: Abril

O que eu quis comprar, mas não comprei:

  • Livros
  • Uma mochila nova

O que eu comprei:

  • 1 esmalte e 1 base
  • 1 vidro de acetona
  • 1 tônico de limpeza facial
  • 1 vidro de desodorizador spray
  • 1 bisnaga de cola vinílica
  • 1 edredom de casal
  • Baterias para o meu relógio de cabeceira
  • 1 saco para armazenamento a vácuo

Do que eu me desfiz:

  • 1 camisa branca de ginástica
  • 1 relógio
  • 1 edredom de casal
  • 1 colchão inflável

Notas: Quando defini as regras do desafio, esqueci de esclarecer uma coisa importante. Só estou listando como compras coisas que não são necessárias. Por exemplo: listo que comprei esmaltes, mas não desodorante – porque afinal, esmalte é dispensável, mas o desodorante não é! Assim como comida, produtos de limpeza, gás…

Os produtos de beleza que comprei foram para substituir os que acabaram. Comprei também algumas coisas para reparos, mas não deram certo: a cola vinílica eu usei para tentar remendar meu colchão inflável, mas ele tinha bem mais que dois furos, então não deu certo, precisei jogá-lo fora. E meu relógio de cabeceira parou de funcionar, achei que eram as baterias mas colocar novas também não adiantou.

Fui à Bienal do Livro de MG e quase comprei alguns livros lá, mas achei melhor economizar (vou baixar os arquivos para o Kindle, depois 😛 ).

Anúncios

6 comentários sobre “Jejum de compras: Abril

  1. Oi Bárbara, tudo bem?
    Acho muito interessantes os posts de Jejum de Compras, principalmente porque agora me propus a anotar todos os meus gastos, inclusive os necessários, numa cadernetinha. No meu caso, acho que preciso “me chocar” com a quantidade de besteira que compro e, ao mesmo tempo, meio que me frear um pouco.
    Me diz uma coisa, como é que você lembra do que passou vontade no mês, pra depois colocar no papel?

    Beijos e obrigada, parabéns pelos excelentes post e blog. ❤
    Ah, quase ia esquecendo: parabéns também por ter ido a uma Bienal e não ter comprado livros! hahah 😀

    • Oi Larissa, obrigada por comentar! Eu sempre anotei todos os gastos no Minhas Economias, mas nunca tinha detalhado (principalmente os supérfluos), só agora estou tendo noção de quantas “coisinha” eu acabo comprando. Sobre a lista do que quis comprar: além das coisas que já defini que quero comprar esse ano, de vez em quando me dá aquela vontadezinha de comprar uma coisa nova, que acho que preciso, ou não. Às vezes eu até acabo comprando online, mas gero o boleto e fico esperando passar o “desejo” da coisa antes de pagar. Dá certo na maior parte do tempo. E depois que desisti totalmente da compra, anoto num rascunho de post aqui do WordPress para facilitar!

      E eu quase não resisti à Bienal, mas pensei em todos os livros que estão na casa da minha mãe para eu vender, na falta de espaço em casa… Preferi pegar os e-books para o Kindle mesmo! Abraços 🙂

    • Obrigada, Sophie! Realmente, parece que vai ficando mais fácil com o tempo… E só depois que passei a anotar é que eu percebi a quantidade de “coisinhas” que compro todo mês, agora controlo melhor essas aquisições.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s