Organizando as compras de itens não-essenciais

Tenho tentado maneirar nas compras de supérfluos desde que terminei o “jejum” do ano passado – e apesar de estar seguindo a minha lista de desejos (às vezes tirando uns itens e acrescentando outros), resolvi exercer um controle maior sobre essas compras, definindo um valor máximo que posso gastar por mês.

Reavaliei meu orçamento para esse ano e, depois de calcular o valor médio das minhas despesas mensais (fixas e variáveis) e separar o dinheiro para investir, defini uma parte da quantia que sobrou para gastos não essenciais – roupas, livros, jogos, móveis, sapatos, etc e tal.  Depois, defini um valor aproximado para todas as coisas que quero comprar ou fazer este ano, e a partir daí vou escolher com o que gastar todo mês, atentando para que as despesas não ultrapassem o teto estabelecido.

Por exemplo: digamos que eu tenha estabelecido um valor máximo de 400 reais para compras todo mês. Na minha lista temos:

  • 1 par de botas: 200
  • 1 escrivaninha: 350
  • 1 cadeira: 150
  • 1 camisa de manga longa: 80

Então, no mês de abril, eu escolho comprar a camisa, a cadeira e as botas, dando um total de 430 reais. E como incentivo para não gastar muito, já que eu ultrapassei 30 reais do limite, em maio eu poderei gastar apenas 370. Se eu não tivesse ultrapassado o limite, entretanto, a quantia que sobrou não poderia ser gasta no mês seguinte – tem que ter um desafio, afinal! 😀

Por quê eu estou fazendo isso? Apesar de ter reduzido bastante meus hábitos de consumo (já cansei de falar isso aqui), ainda fico meio afobada para comprar as coisas que estão na lista/que realmente quero. A escrivaninha, por exemplo, está no meu radar há tempos, mas ainda não tive chance  porque sempre passava outro item da wishlist na frente. Acredito que agora vou poder organizar melhor as minhas necessidades-não-tão-necessárias.

Anúncios

6 comentários sobre “Organizando as compras de itens não-essenciais

  1. ola Barbara….também fiz isso desde que iniciei o minimalismo e interessante que ao diminuir o consumo itens nao essenciais logo caimos na parte financeira…no canal da mariana xavier mulher rica ela ensinou a fazer a caixa da beleza, consiste em separar uma quantia para cada item de beleza e consumo com o que estamos querendo comprar ou fazer por exemplo – gastar tanto para unhas, gastar tanto com cabelos e itens de make etc…essa ideia tambem se estende para outras categorias…assim como voce esta fazendo, sucesso no desafio!

    • Oi Helen, a ideia dela é boa mesmo. E realmente, quase todo blog sobre minimalismo que leio puxa um pouco o assunto para as finanças… Não gosto de ficar falando só disso, mas é um tópico bem importante na minha vida ultimamente. Abraços!

  2. Menina! Te imitei kkkk separei tudo que quero para esse ano, novas torneiras para cozinha e banheiro, UMA calça nova (sim antes seriam 5), tinta para casa… o desafio agora é encaixar cada item que preciso para cada mês e não comprometer muito o orçamento. Por exemplo em meses que tenho médico não programo mais nada, pois sei que virá a lista (gigante) de remédios.

    • Oi Ane, essa ideia é boa, né? Eu também estou colocando outras coisas além de compras nesse orçamento, tipo o conserto de um par de sapatos, a anuidade da Federação de Krav Maga… Tudo o que não é essencial e eu preciso comprar/fazer entra nesse quesito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s