Correndo atrás do prejuízo

2017 ainda não acabou, mas estive refletindo sobre os meses que passaram e percebi que o ano foi péssimo para mim – sem dúvidas, o pior desde quando comecei o blog. Quase tudo deu errado: fiz inúmeros planos que não consegui cumprir, negligenciei o blog, me afastei das minhas amigas, meu relacionamento entrou em crise, gastei dinheiro com coisas que não deveria e não gastei com o que deveria, não tirei férias, não consegui manter uma rotina diária e, para piorar, passei a ter crises de insônia que acabaram com o resto de disposição que eu tinha (e com a minha saúde também).

A única área da minha vida que continua bem é a financeira: continuo poupando todo mês, não fiquei endividada apesar dos gastos e estou pagando o FIES direitinho. Ainda que a situação pudesse ser melhor, nesse aspecto eu estou tranquila.

Depois de todos os problemas, resolvi parar um pouco: cancelei todos os planos que tinha para o fim desse ano e o início do próximo, estabeleci algumas tarefas para realizar até dezembro (exemplo: doar os resultados do último destralhe, que estou adiando até hoje) e agora vou refletir sobre o que me deixa insatisfeita na minha vida e o que posso fazer para melhorar. Sei que vai ser impossível resolver tudo de uma vez, mas qualquer progresso, por menor que seja, vai ser melhor do que essa sensação de estagnação que estou sofrendo ultimamente.

Por fim, não acredito que seja possível reverter o desastre que foi 2017 nesse último mês e meio, mas talvez eu consiga sair dele com um gosto menos amargo na boca – vamos torcer.

6 comentários sobre “Correndo atrás do prejuízo

  1. Oi Bárbara! Cada texto seu é uma oportunidade de reflexão, obrigada pela sinceridade.
    Sei exatamente como você se sente, já passei por isso também, não consegui cumprir as minhas metas, tive problemas de saúde e estagnei, me sentia como num labirinto; encontrar a saída era quase impossível. Nessas horas percebo que já não posso mais seguir sozinha, relaxo e entrego nas mãos de Deus e é maravilhoso como tudo começa a fluir e as coisas vão voltando ao normal. Sim, consigo encontrar a saída do labirinto.
    Fiquei feliz em saber que sua vida financeira está bem, isso é muito bom e é mérito seu!
    Você vai conseguir reverter tudo isso, tenha certeza disso, li todos o seu blog e enxerguei uma mulher guerreira, forte, destemida e muita sábia, apesar da pouca idade.
    Tem um ano novinho em folha chegando pra recomeçarmos. Quer presente maior que esse?
    Torcendo por você. Fica com Deus!

  2. Hello Babys!!
    Menina que ano hein!!! Segura a minha mão que o meu também não avançou nada. Realmente é chato isso, é como cair num poço de frustração, mas vai sair dele com certeza 😀
    Fico pensando em como se desdobrar dessa maneira para atender todos os setores da vida, quando se tem trabalho e/ou estudos que levam um bocado do nosso tempo…
    E quanto ao Krav-Magá? Parou? Por sua causa mocinha fiquei pensando bastante em treinar isso, faz um post sobre ele, a diferença que fez na tua vida se tem idade para começar… #nuncatepedinada #mentira kkk

    • Oi Ane! 2017 foi tenso mesmo, e apensar de não ter tantas esperanças eu gostaria muito que 2018 fosse melhor. Eu também não sei como equilibrar todas as áreas de vida, há tempos eu tinha controle de algumas mas parece que nesse ano tudo desandou. 😦

      Não parei com o Krav Maga, apesar de não ter passado no exame físico como eu queria hahaha. Se você puder, faça uma aula experimental e veja se gosta, eu recomendo! Não existe idade para treinar, tanto é que faço aulas com um senhor de 70 anos e ele está numa faixa mais avançada que a minha! Vou anotar sua ideia para fazer o post – eu prometi muitos posts diferentes esse ano e acabei não fazendo nada…

      Abraços!

  3. boa tarde barbara…
    eu também não consegui realizar todas as metas que fiz pra 2017….e agora esta me dando um arzinho de frustacao, principalmente na parte financeira…tudo estava bem ate o meio do ano e depois despencou, apareceu contas, coisas pra comprar etc. Nao gastei a minha reserva de emergência mas também não consegui aumenta-la como havia prometido, mas consegui fazer ginastica o ano inteiro e também mudei minha alimentação, isso foi muito bom…agora só tentar correr atras do prejuízo financeiro…kkkk
    em relação a suas insonias tenta descobrir a causa, talvez cafe a tarde pode te fazer ficar agitada ou quem saber ficar vendo tv ou net etc…coisas assim atrapalha o sono…toma um suco de maracujá ou um chá de camolia pra relaxar antes de deitar …
    boa semana
    bjs
    Helen

    • Oi Helen, parece que esse ano foi difícil pra muita gente… Espero que você consiga se recuperar!
      Aparentemente eu não tenho motivos para ter insônia, estou tomando um remédio para dormir (com receita médica) pra ver se volto ao normal…. Bom fim de semana!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s