O pior dia da minha vida

Esse texto é só um relato de algo que ocorreu na minha vida, não nenhuma relação com minimalismo.

Domingo passado (18/02), acordei ouvindo um barulho no meu banheiro, fui ver o que era, e qual não foi minha surpresa ao abrir a porta e ver que o cômodo estava completamente alagado de esgoto, que estava vindo do ralo do chuveiro e estava prestes a alagar o meu quarto também.

Minha primeira reação foi pegar umas toalhas e colocar na soleira da porta para tentar conter a água, depois disso liguei para um bombeiro que conheço e ele me orientou a tampar o ralo com alguma coisa e falar com a administração do prédio imediatamente. Liguei na portaria, a síndica e o zelador não estavam, porque eles não trabalham no domingo. Então calcei meus tênis, amarrei uma sacola em cada pé, peguei umas luvas de limpeza e entrei no banheiro alagado para tentar tampar o ralo.

Peguei o tapete do banheiro – que já estava arruinado mesmo – e enfiei no ralo. Não funcionou, então peguei uma toalha e enfiei lá também. Nessa hora o esgoto começou a escorrer para o quarto, então peguei mais toalhas e coloquei na porta para tentar conter.  Fui na portaria, ligaram para a síndica, e ela disse que ia chamar uma empresa de desentupimento para resolver o problema.

Voltei para o apartamento, as toalhas que coloquei na soleira da porta já estavam ensopadas e a água estava já tinha escorrido para metade do meu quarto. Como não tinha mais o que fazer, fiquei esperando o pessoal chegar.

O zelador e o funcionário da empresa de desentupimento chegaram e resolveram o problema, mas não sabem o que o causou. Parece que algo entupiu a saída de esgoto entre o meu apartamento e os de baixo, e o esgoto que vinha dos apartamentos de cima não tinha por onde sair e acabou indo para o meu apartamento. Eles tiraram algumas coisas de dentro do cano, mas disseram que o que tinha de maior desceu.

Depois disso, sobrou a bagunça para eu arrumar. As toalhas estavam inutilizáveis, vi que no desespero eu acabei colocando todas na porta, então eu não tinha mais nenhuma toalha em casa. Precisei jogar todas fora. Limpei a casa toda, o zelador deixou uns galões de cloro e desinfetante para mim e eu usei quase tudo no quarto e no banheiro. Eu consegui salvar a cortina do chuveiro e o armário do banheiro, que está utilizável apesar de ter ficado molhado na parte de baixo (ele é de MDF). O chão do meu quarto, que é piso vinílico, ficou inchado e está descolando em algumas partes.

Depois de toda essa confusão, recebi algumas toalhas de doação e também comprei algumas novas, mas ainda preciso repor outras coisas que perdi. Estou bem triste pelo chão porque o achava super bonito, mas acho que o dono do apartamento não vai querer gastar dinheiro para trocá-lo. Felizmente ele sabe do que aconteceu então não serei responsabilizada pelo estrago quando terminar o contrato.

Quando conto essa história para as pessoas, muitas me dizem “Nossa, como você é forte! No seu lugar, eu teria sentado e chorado.”  Sinceramente, não acho que eu poderia ter feito diferente. É lógico que eu fiquei em choque na hora, mas se eu mesma não fosse resolver o problema, ninguém mais resolveria para mim. Morar sozinha é isso, né?

Enfim, o que passou passou, mas eu não desejo uma coisa dessas nem para o meu pior inimigo.

4 comentários sobre “O pior dia da minha vida

  1. Obrigada por dividir a sua experiência. Na verdade a vida real é cheia de episódios como esse. Aqui no RJ com as últimas chuvas, fiquei 5 dias sem luz, tive q jogar comida fora, comprar água…foi um caos. Mantive a calma igual a você. Chorar não resolve nada, tem horas que temos que ter frieza e tranquilidade.

  2. Pingback: Balanço de compras e destralhes (02/2018) | Meu Diário Minimalista

  3. Mana do céu! Que desespero.
    Acho que nessas horas a gente sempre consegue saber o que fazer. A vontade de chorar vem só depois que a adrenalina passa 😛
    Espero que esteja tudo bem com você!
    Naty

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s