Resultados do desafio Julho sem Plástico

Estou de volta! No mês passado eu decidi participar do desafio Julho sem Plástico, e apesar de estar meio desanimada e não conseguir realizar todas as tarefas que me propus a fazer, achei que deveria mostrar os resultados mesmo assim.

O que deu errado:

  • Pedi delivery com embalagem de isopor/plástico
  • Aceitei sacolas em algumas lojas
  • Aceitei canudos em restaurantes

O que deu certo:

  • Comprei produtos em embalagens de papel/vidro ao invés de plástico
  • Reciclei todos os plásticos
  • Recusei várias sacolas
  • Não usei filme plástico para embalar alimentos

Comentários:

É bem difícil não usar plástico! A maioria dos produtos possui embalagens plásticas, e algumas alternativas são mais caras – por exemplo, farinha de trigo com embalagem de papel. Nos restaurantes, eu só lembrava de recusar os canudos quando já estava usando, e confesso que fiquei com preguiça de deixar de pedir comida só por causa da embalagem. Eu sei que o desafio propunha que fizéssemos um certo sacrifício, mas o mês de julho não foi muito bom para mim, estive muito relapsa,  por isso dei um tempo no blog.

Ainda que o desafio não tenha dado muito certo, quero adotar os hábitos de recusar os canudos e de comprar produtos com embalagens não-plásticas, desde que eles sejam tão baratos quanto as alternativas. Já faz um tempo que recuso as sacolas plásticas, mas ainda não consegui fazer isso com todas que me oferecem. Por fim, vou participar do desafio novamente no próximo ano, espero fazer melhor da próxima!

Anúncios

Desafio: Julho sem Plástico

A Plastic-Free July (Julho Sem Plástico) é uma campanha australiana que visa à conscientização da população sobre o uso excessivo de plástico e seu impacto no meio ambiente. A campanha convida as pessoas a reduzirem o uso de plástico durante o mês de Julho, fornecendo várias dicas e alternativas mais sustentáveis.

Há algumas semanas eu publiquei um post sobre os hábitos sustentáveis que estou adotando, e esse desafio veio em boa hora. O foco nesse mês, ao invés de reciclagem, será a redução do lixo e do consumo de plástico na minha casa.

Para o desafio, eu decidi realizar as seguintes ações:

  • Recusar todas as sacolas plásticas de compras
  • Recusar canudos em lanchonetes/restaurantes
  • Não usar filme plástico para embalar alimentos
  • Comprar refis ou embalagens econômicas de produtos de limpeza e higiene
  • Comprar produtos em embalagens de papel ou metal, para facilitar a reciclagem
  • Evitar embalagens de isopor

No fim de julho vou escrever sobre o que eu fiz efetivamente, o que deu certo e o que deu errado no desafio.  Quem quiser participar do desafio pode se cadastrar no site da campanha para receber dicas e materiais para download.  Outros links interessantes:

Desafio: a Cura de Janeiro

A Cura de Janeiro (January Cure) é um desafio anual do site Apartment Therapy. Durante todo o mês, uma colunista do site propõe tarefas diárias para melhorar a casa. Foi a primeira vez que participei. Aqui está a lista de tarefas desse ano, e como eu realizei cada uma.

02/01 – Destralhe uma gaveta

Todos nós temos uma “gaveta da bagunça”, e a minha estava lotada de papéis inúteis (principalmente folhetos de delivery) e até um disjuntor velho. Estava adiando a limpeza dela, então essa tarefa veio em boa hora.

03/01 – Faça uma lista de projetos

Como pedia a tarefa, analisei cada cômodo do apartamento, listei os problemas que encontrei e o que poderia fazer para melhorar, e defini 3 projetos por cômodo para realizar esse ano.

04/01 – Limpe a despensa

A minha despensa nada mais é do que o armário aéreo da minha cozinha, e ele é tão pequeno que é praticamente impossível acumular muita coisa. De qualquer forma, tirei tudo de dentro dele, limpei bem e organizei melhor as vasilhas de plástico, os mantimentos e temperos.

05/01 – Crie uma caixa de saída

Já tenho uma caixa que fica no meu guarda-roupa, onde separo tudo o que não quero/preciso mais para doar.

06, 07 e 08/01 – Tarefa do fim-de-semana: Flores e pisos

Nesse fim de semana, a principal tarefa era limpar todos os pisos da casa. Considerando que já faço isso regularmente, não foi nada difícil completar. Também foi pedido que comprássemos flores frescas para a casa, mas eu não gosto de comprar flores fora dos vasos porque são caras e morrem rápido, então comprei um vasinho de cacto.

09/01 – Mini-meditação/Escolha um projeto

Dois trabalhos para hoje:

  1. Analisar um cômodo da casa e imaginar como seria mobiliá-lo e decorá-lo novamente.
  2. Escolher um dos projetos da lista feita no dia 03 para realizar ainda neste mês. Eu escolhi pendurar (finalmente) meus quadros na parede da sala.

10/01 – Limpe o guarda-roupa

Limpei e fiz o inventário anual, como vocês já viram aqui.

11/01 – Jejum de mídias

Essa tarefa foi relativamente fácil, já que só precisava ficar longe das redes sociais/celular/computador depois que chegasse em casa do trabalho. Me permiti usar o Kindle, então passei a noite lendo.

12/01 – Verifique as roupas de cama

Esse era o dia de analisar as roupas de cama/mesa/banho, separar as boas das ruins e colocar as que não eram usadas na caixa de saída. Tenho poucos itens desse tipo (falei sobre isso nesse post) e todos ainda estão em boas condições, então nada de destralhes nesse setor.

13, 14 e 15/01 – Tarefa do fim-de-semana: Uma cozinha mais limpa

A tarefa oferecia duas opções: limpar a cozinha “por dentro” ou “por fora”. Escolhi a segunda, então limpei o fogão e a geladeira, o armário, esfreguei bem a pia e lavei a lixeira (estava precisando!).

16/01 – Planeje uma reunião

A missão do dia era planejar uma reunião em casa com amigos e convidar todos. Como eu já tinha marcado um chá com uma amiga para a próxima semana, não tive trabalho nenhum.

17/01 – Limpe um armário

Escolhi dar uma geral nos armários do banheiro. Tirei tudo de dentro deles, limpei bem por dentro e por fora e reorganizei tudo.

 18/01 – Trabalhe no seu projeto

Enrolei nesse dia, tanto por falta de material quanto por preguiça. Acontece.

19/01 – Deixe a sala mais “leve”

A tarefa do dia consistia em retirar pelo menos três objetos de decoração da sala para deixá-la menos “entulhada”. Já não deixo muitos enfeites na minha sala, mas tirei um que seria retirado de qualquer jeito: o meu terrário, que estava sofrendo com fungos e precisava ser refeito. Minha sala ficou bem triste sem ele, na verdade. 😦

20, 21 e 22/01 – Tarefa do fim-de-semana: Um quarto melhor

Fiz uma boa faxina no quarto, tirei poeira de tudo (inclusive da lâmpada e do trilho da cortina), tirei os móveis do lugar para varrer e passar pano embaixo deles e aproveitei para realizar algumas tarefas que estava enrolando há um tempo, como lavar meus travesseiros e as capas das almofadas.

23/01 – Fique em dia com as tarefas

Aproveitei o dia para finalmente completar minha tarefa do dia 18: depois de meses enrolando, pendurei meus quadros e pôsters na parede da sala.

24/01 – “Ataque” ao banheiro

Foi uma tarefa difícil para uma terça-feira, mas como já tinha lavado a cortina do box, o tapete e as toalhas no fim de semana, só precisei esfregar os rejuntes, limpar as paredes de azulejo e lavar o chão.

25/01 – Área de chegada

A tarefa do dia é um hábito que já possuo há tempos: ter um lugar específico da casa para armazenar chaves, correspondências e bolsas/sacolas assim que chego em casa. Esse lugar, preferencialmente, deveria ser na entrada, mas não tenho espaço, então guardo tudo direto no meu quarto. Tenho até uma bandeja de cartas para isso. Apenas as chaves ficam na sala, no porta-chaves que eu fiz.

26/01 – Limpeza das superfícies

A tarefa pedia que guardássemos tudo o que estava fora de lugar, jogado em mesas ou no chão, mas eu nem precisei fazer nada porque tudo já estava no lugar. Sucesso!

27, 28 e 29/01 – Tarefa do fim-de-semana: Esvazie a caixa de saída

Levei todas as roupas que retirei do armário na limpeza desse ano para doação.

30/01 – Continue o bom trabalho

Por fim, o que precisamos fazer é continuar com hábitos que adotamos durante o desafio. A lista de projetos de melhoria para o apartamento é algo que vou aproveitar com certeza! Além disso, as tarefas de limpeza são ótimos guias para quando preciso fazer uma faxina mais pesada, vou consultar sempre.


Está aí um desafio que adorei participar. Fiz muita coisa que estava enrolando para fazer, consegui cumprir os prazos e, de quebra, deixei meu apartamento ainda melhor. Vou participar todo ano, com certeza!

Jejum de compras: Dezembro e Considerações Finais

Chegamos ao final desse desafio de 1 ano de jejum de compras. O último mês foi assim:

O que eu quis comprar, mas não comprei:

  • Nada

O que eu comprei:

  • 1 necessaire pequena
  • 1 ingresso para um show no ano que vem
  • 4 jogos no Steam
  • 1 vidro de hidratante
  • 3 embalagens de cera para depilação

Do que eu me desfiz:

  • 1 sanduicheira de plástico

E afinal, o que eu aprendi com esse desafio?

Reli todos os posts do desafio, analisei minhas compras e destralhes, e percebi que:

  • A maior parte das minhas compras foi de coisas para casa, tanto de utilidades domésticas quanto decoração.
  • A maior parte dos meus destralhes foi de roupas, sapatos e acessórios.
  • Comprei poucos produtos de beleza, e apenas para substituir os meus que acabaram.
  • Nem tudo o que eu comprei era absolutamente necessário, mas tudo está sendo utilizado.
  • Só fiz uma compra por impulso da qual me arrependi – um marcador para biscoitos – e nem usei ainda. Felizmente foi super barato.
  • Segui quase todas as regras do desafio, menos as referentes ao cartão de crédito. Continuei usando o cartão normalmente, sem fazer dívidas absurdas, e comprei parcelado apenas uma vez.

À primeira vista, pode parecer que foi um jejum “fajuto”, já que fiz várias compras ao longo do ano, mas a diferença para mim foi grande. Com esse desafio, passei a ter muito mais consciência do meu volume mensal de compras. Às vezes eu pensava em adquirir algo, via a lista de coisas que comprei no mês e pensava “Nossa, já comprei demais! Melhor deixar para a próxima”. Muitas vezes acabei até desistindo.

A wishlist também me ajudou a focar nas prioridades. Quando eu me pegava cobiçando coisas lindas em lojas online, pensava se eu realmente precisava daquilo, e a resposta costumava ser não. Só isso já fez o desafio valer muito a pena para mim. Vou continuar fazendo uma lista de desejos anual, mas agora vou me permitir editá-la quando for necessário. Cada item deverá ficar na lista por pelo menos um mês antes de ser comprado, assim eu evito adquirir qualquer coisa por impulso.

Por fim, esse desafio serviu como uma preparação para o meu próximo ano sem compras, que espero fazer já em 2018.

Jejum de compras: Novembro

O que eu quis comprar, mas não comprei:

  • 1 infusor

O que eu comprei:

  • 1 calça jeans preta
  • 1 par de Havaianas
  • 1 caneco esmaltado
  • Presente de aniversário para o namorado
  • Materiais para DIY:
    • 3 vidros de corante para tecido
    • 1 rolo de cordão de São Francisco

Do que eu me desfiz:

  • 1 conjunto de calcinha e sutiã

Notas: Estive de férias no final do mês, viajei para Salvador com o meu namorado (daí a falta de post na semana passada). Dessa vez, não comprei nenhuma lembrancinha – meus gastos foram apenas com comida e transporte. De novo, comprei vários cupons de restaurantes no Peixe Urbano e acabei economizando bastante com alimentação. O único problema foi que perdi meus chinelos na praia no último dia (caíram da mochila e eu não percebi) e precisei comprar outro par na volta. Quanto aos demais gastos,  a calça jeans estava na lista e os outros eram pequenas necessidades. E o próximo mês é o último desse desafio!

Aos que ficam curiosos sobre mim, aqui está uma foto minha curtindo a praia da Penha em Salvador  :D

Aos que ficam curiosos sobre mim, aqui está uma foto minha curtindo a praia da Penha em Salvador 😀

Jejum de compras: Outubro

O que eu quis comprar, mas não comprei:

  • 1 aspirador de pó
  • 1 livro
  • 1 bolsa de mão retrô

O que eu comprei:

  • 1 moldura
  • 1 bolsa transversal pequena
  • 1 lata de tinta spray dourada
  • Materiais para reparos na casa:
    • 1 lata de argamassa
    • 1 espátula
    • 1 campainha
  • Produtos para cuidados estéticos:
    • 1 esmalte
    • 1 base para unhas
    • 1 vidro de acetona
    • Cera e folhas para depilação

Do que eu me desfiz:

  • O armário antigo da minha cozinha

Notas:

  1. A maioria das compras do mês foram para a casa, para decoração ou reparos.
  2. Ainda quero comprar mais molduras.
  3. Todos os produtos de beleza foram reposições.
  4. A bolsa é mais um item para riscar da lista. Só faltam 3!

Jejum de compras: Setembro

O que eu quis comprar, mas não comprei:

  • 1 vestido
  • 1 vasinho em forma de Bulbassauro

O que eu comprei:

  • 4 canetas douradas
  • 1 armário novo para a cozinha

Do que eu me desfiz:

  • 1 par de sapatilhas
  • Tudo o que eu listei nesse post

Notas: O armário foi a compra mais cara do mês. Não estava nos meus planos comprar um novo, mas a necessidade acabou aparecendo, vou falar sobre isso em outro post. Tirando isso, só comprei as canetas que precisava para decorar a parede, e apesar de desejar algumas bonitezas, resisti bravamente e não comprei. Também não risquei nada da wishlist de 2016 esse mês.

bulbasaur-3d-printed-planter-640x533

O vasinho que estou cobiçando ❤

Jejum de compras: Agosto

O que eu quis comprar, mas não comprei:

  • Latas de chá

O que eu comprei:

  • 1 sacola ecológica
  • Organizadores de cabos
  • 1 vidro para sabonete líquido
  • 2 latas para café e açúcar
  • 3 molduras
  • Presentes:
    • 1 moeda antiga
    • 1 caixa de chocolates

Do que eu me desfiz:

  • 1 hidratante (fora de validade)

Notas: Fiz várias compras para a casa esse mês e acabei parcelando a maior delas no cartão, apesar de ser contra as regras do desafio. 😦 Finalmente comprei algumas molduras, mas não todas que precisava. Talvez para o próximo mês.

Apesar de ter definido que poderia comprar um presente para mim no meu aniversário, achei que já tinha gastado bastante com a viagem para Curitiba e compras para a casa, por isso não comprei nada.

Jejum de compras: Julho

O que eu quis comprar, mas não comprei:

  • Tinta spray dourada

O que eu comprei:

  • 1 cafeteira italiana
  • 1 espelho para o quarto
  • 1 marcador para biscoitos
  • 1 filtro de linha
  • 3 ganchos de parede adesivos
  • 1 rolo de fita crepe
  • 1 jogo no Steam

Do que eu me desfiz:

  • 1 faixa de cabelo
  • 1 bolsa de mão preta
  • 1 filtro de linha

Notas:

A maioria das compras desse mês foram de coisas para a casa que eu já precisava há um tempo. Finalmente consegui um espelho para o quarto! E o marcador de biscoitos, apesar de super barato, foi desnecessário. Poderia ter economizado esse dinheiro.

Sobre a cafeteira: quase não bebo café em casa, mas queria uma cafeteira italiana porque poderia fazer café em pouca quantidade e sem me preocupar com coador/filtros/etc quando realmente tivesse vontade de tomar. Pretendia deixar a compra para o futuro, mas um colega de trabalho foi para a Itália e ofereceu para trazer uma coisa ou outra que quiséssemos, então pedi que ele comprasse uma cafeteira italiana verdadeiramente italiana para mim. Agora tenho uma cafeteira bem mais viajada que eu. 😀

Atualizei um desejo da lista: ao invés de comprar um porta-guardanapos, pretendo comprar quatro guardanapos de pano e usá-los no lugar dos de papel.

Jejum de compras: Junho

O que eu quis comprar, mas não comprei:

  • Promoções de restaurantes do Peixe Urbano
  • Uma lixeira nova para a cozinha

O que eu comprei:

  • 3 caixas de cápsulas de café expresso
  • 1 casaco de moletom
  • Materiais para alguns projetinhos:
    • 1 lata de tinta spray preta
    • 1 frasco de verniz
    • 1 nível com régua

Do que eu me desfiz:

  • 1 calça de brim preta
  • 1 cardigã listrado
  • 1 casaco de tricô
  • 1 par de brincos
  • 1 cachecol verde

Notas: Nesse mês eu consegui reduzir meus gastos com alimentação (principalmente com restaurantes e deliverys), mas acabei tendo gastos inesperados relativamente altos e nem pude sentir o gostinho da economia… Um deles foi a troca do disjuntor do meu apartamento, o outro foi a compra de alguns remédios para acne (estou fazendo tratamento e tudo o que a dermatologista me receitou é SUPER caro). Acabou que não pude comprar nada da wishlist esse mês, uma pena!