Limpando a casa em meio à correria do dia-a-dia

Conciliar a limpeza e organização da casa com os compromissos diários – trabalho, estudos, vida social, família, etc – costuma ser complicado.  Em fevereiro, a leitora Ane deixou o seguinte comentário em um dos posts:

Fico impressionada com quem consegue manter a casa linda e a cara também, mas confesso que quando só tem o fim de semana para tudo é meio complicado. Você algum post sobre limpeza/organização para quem tem uma vida agitada??

Prometi a ela falar sobre isso, e aqui está (finalmente)!Conheço três tipos de cronograma de arrumação da casa e já testei dois deles. São os seguintes:

  • Limpeza da casa em 1 ou 2 dias da semana: essa é a maneira com a qual eu lido com a arrumação da casa ultimamente. Costumo limpar a casa e fazer compras no sábado, e deixo as roupas lavando na máquina enquanto faço a faxina. Como meu apartamento é pequeno, em uma tarde dou conta de tudo. Quando estou muito cansada ou tenho outro compromisso no dia, limpo no domingo ou divido a limpeza em outros dias da semana.
  • Limpeza semanal: quando mudei para o meu apartamento, tentei dividir as tarefas de limpeza da casa ao longo da semana, como mostrei nesse post. O problema é que eu chegava tarde, já cansada, e não tinha ânimo para arrumar a casa e fazer outras coisas (cozinhar, por exemplo). Acabava deixando várias tarefas para o fim de semana, então resolvi voltar ao meu esquema anterior. Mas para quem tem tempo/disposição e prefere descansar no fim de semana, realizar as obrigações domésticas durante a semana é uma boa opção.
  • Limpeza mensal: vi esse esquema no Apartment Therapy, não testei porque achei que não seria adequado á minha rotina, mas deve servir para outras pessoas. Nessa limpeza mensal, você define uma quantidade X de tarefas necessárias e vai repetindo ao longo do mês. Ao fim de 30 dias, você limpou a casa toda pelo menos duas vezes.

E a faxina/limpeza pesada? existem várias opções: uma vez por mês, uma vez a cada X meses, duas vezes por ano (verão e inverno), uma vez por ano… Eu escolhi fazer esse tipo de faxina uma vez a cada ano, mas sempre um cômodo por vez. Por exemplo: em janeiro eu fiz uma limpeza profunda no banheiro, agora só ano que vem. A próxima é no quarto, e assim por diante. Mas não acumula muita sujeira? Não, por causa do que vou falar a seguir.

Tarefas “esquecidas”: quando foi a última vez que você limpou os interruptores e as tomadas da sua casa? E o interfone? E as lâmpadas? Existe uma série de itens passam batido na hora da faxina, e o jeito que eu achei para lidar com eles também foi inspirado pelo Apartment Therapy. Fiz uma lista com essas tarefas esquecidas e todo mês escolho uma para fazer durante a limpeza semanal. Assim eu não acumulo tantas tarefas para os dias de faxina pesada.

Outras dicas para facilitar a limpeza da casa:

  • Realizar algumas tarefas diariamente: eu arrumo a cama todas as manhãs e me esforço para não deixar louça suja na pia de um dia para o outro. Essas dias tarefas são super simples mas facilitam demais o meu dia-a-dia e deixam minha casa com um aspecto muito mais organizado.
  • Não deixar bagunça acumulada no chão, mesa ou bancadas: como todo mundo sabe, tralha só chama mais tralha.
  • Sempre guardar objetos em seus devidos lugares: quando cada coisa tem seu lugar, você perde menos tempo procurando quando precisa de algo.
  • Limpeza e organização contínua: lavar a louça enquanto cozinha ou depois de comer, guardar as roupas quando estiverem secas, lidar com a correspondência assim que chegar em casa…
  • Definir bem as tarefas: faça uma lista de tarefas diárias/semanais/mensais/anuais e a deixe em um lugar visível, assim você não esquece de nada.
  • Se puder, diminua a quantidade de enfeites e afins: quanto mais objetos expostos, mais poeira, e maior o tempo gasto para limpá-los. O mesmo serve para móveis.
  • Não se estresse: eu adoro manter minha casa limpa e arrumada, mas tem dias que é impossível. Seja pelo cansaço ou falta de tempo, se você não puder fazer uma ou outra tarefa, não se estresse. Facilite as coisas para você e tenha mais tempo para descansar e curtir sua casinha !

Adendo (02/05/17): esqueci de uma dica muito importante! Como moro sozinha, não passo por essa situação, mas é essencial que todos os moradores da casa dividam as tarefas. Se ajudou a sujar, precisa ajudar a limpar também! Hoje em dia a maioria dos serviços domésticos ficam a cargo das mulheres (sejam elas donas de casa ou não), e isso gera uma sobrecarga muito grande de trabalho. Quando todos colaboram igualmente, fica muito mais fácil manter o ambiente limpo e organizado, e ninguém fica atulhado de serviço.

Destralhe digital, parte III: web

Enfim, chegamos á última parte do meu destralhe digital. A parte I foi sobre o smartphone,  a parte II sobre o computador, e a terceira é sobre minha vida na web – redes sociais, favoritos, arquivos na nuvem, etc. As tarefas que realizei foram:

  1. Organizar/deletar favoritos: deletei pastas, reorganizei vários favoritos e transferi muitos para o Evernote e o Pinterest, principalmente os de receitas, para facilitar a busca e visualização.
  2. Organizar anotações no Evernote: deletei notas e cadernos que não precisava mais.
  3. Fazer uma limpeza de páginas/pessoas que sigo nas redes sociais
  4. Limpar o navegador: limpei o histórico, os cookies e o cache, desativei extensões inúteis e excluí dados de preenchimento automático e senhas salvas.
  5. Cancelar recebimento de emails: eu uso o unroll.me para verificar em quais listas de email eu estou cadastrada e excluir as que não quero mais receber.
  6. Excluir perfil no Tumlbr: fazia tempo que não postava nada, só entrava de vez em quando e achava o conteúdo muito repetitivo. Resolvi deletar meu perfil.
  7. Desativar o Facebook: ando meio cansada do Facebook, e para não consumir meu tempo checkando a timeline, desativei meu perfil por tempo indeterminado.
  8. Organizar pins e pastas no Pinterest: criei algumas pastas novas para organizar melhor o meu perfil e recataloguei vários pins.

Demorei muito para escrever esse último post justamente porque enrolei para fazer esse destralhe da web. 😀  Achei que daria muito trabalho mas, no fim das contas, foi tranquilo, principalmente porque não realizei todas as tarefas no mesmo dia. Agora só preciso manter tudo organizadinho até chegar a hora da próxima faxina digital.

Destralhe digital, parte II: computador

Na parte I do destralhe digital, fiz uma “faxina” no meu smartphone. Agora foi a vez do notebook, e realizei as seguintes tarefas:

  1. Desinstalar programas desnecessários: desinstalei alguns jogos que já tinha zerado e alguns programas que não usava mais. Também desativei a inicialização automática de certos programas.
  2. Apagar arquivos desnecessários: downloads antigos, episódios de séries que já assisti, imagens que não preciso mais guardar, tudo isso foi para a lixeira.
  3. Transferir arquivos para o Dropbox: passei para o Dropbox os poucos arquivos importantes que estavam no computador.
  4. Fazer limpeza e desfragmentação de disco: gosto realizar esses processos porque eles melhoram o desempenho do computador.
  5. Organizar a Área de Trabalho  e apagar atalhos desnecessários: deixei na Área de Trabalho apenas os atalhos para alguns programas que uso com mais frequência e para os jogos que ainda não terminei.
  6. Organizar arquivos e pastas: não precisei fazer nada além de transferir um ou outro arquivo “perdido” para a pasta onde ele deveria estar – minhas pastas estavam muito bem organizadas!
  7. Deletar músicas que não ouço: deletei tudo das bandas/cantores que não gosto mais e organizei minhas músicas nas pastas certas, por artista.

Por incrível que pareça, essa limpeza do notebook quase não deu trabalho. Ele já estava bastante organizado e não tinha muitos arquivos acumulados, um reflexo de usar mais o computador do trabalho que o de casa. A próxima (e última) parte é o destralhe da minha “vida na web” – essa sim vai dar um trabalhão…

Destralhe digital, parte I: celular

Início de ano, para mim, é uma época de limpeza e organização da casa, do armário, da papelada… No entanto, não costumo dar a mesma atenção à minha vida digital, por assim dizer. Agora, como meu computador cada vez mais lento, a pasta de Outros Favoritos do navegador cada vez mais cheia e meu telefone cada vez mais lotado de imagens, decidi iniciar 2017 com um bom destralhe digital, dividido em três partes.

Para a primeira parte, escolhi fazer uma limpeza no smartphone e defini três tarefas:

  1. Apagar fotos, vídeos e arquivos: com exceção de poucas fotos que tirei esse ano e alguns ícones, apaguei absolutamente todos os arquivos do meu telefone. As fotos importantes, de viagens e etc, eu salvei no Dropbox. O resto dos arquivos, que não me farão falta, apaguei sem dó.
  2. Desinstalar apps que não uso: não sou acumuladora de aplicativos, mas apaguei alguns jogos (adeus, Pokemon Go!) e outros apps que não usava há um tempo, e desativei os apps nativos que não podem ser apagados. Aproveitei para atualizar todos os que ficaram.
  3. Desativar notificações desnecessárias: detesto notificações insistentes de aplicativos, principalmente porque eu sempre me distraio com elas, então prefiro deixar a maioria desativada. Analisei as configurações de todos os apps que geram notificação e desliguei as que não preciso. Hoje só recebo notificações de mensagens pessoais no Whatsapp (e de um ou outro grupo que considero importante – o do trabalho, por exemplo, eu marco a opção de ignorar por 1 ano 😀 ), respostas diretas no Twitter, e do Messenger do Facebook (que quase não uso também).

As próximas partes desse destralhe serão mais difíceis: planejo fazer uma limpeza geral no meu notebook e, por fim, uma na “internet”: vou organizar favoritos, avaliar minhas redes sociais, etc. Fiquem de olho nos próximos posts!

Aplicativos que me ajudam a me organizar

Assim como a maioria das pessoas, adoro as facilidades que smartphones e aplicativos oferecem mas, tirando as redes sociais, gosto de ter no meu telefone apenas apps úteis  – quando percebo que não estou usando um aplicativo, desinstalo. Odeio ocupar memória e espaço de tela do meu celular à toa. Vou listar aqui quatro aplicativos que me ajudam a cumprir minhas tarefas e a manter minha vida organizada.

Habitica

Esse aplicativo para controlar tarefas e hábitos é excelente. Ele funciona como um jogo de RPG: você tem um personagem e, a cada tarefa que realiza, ganha moedas e experiência. Se você deixar de realizar as tarefas, perde pontos de vida. É bem divertido, e as recompensas funcionam como um incentivo a mais para manter seus hábitos em dia!

Meu perfil e tarefas no Habitica

Meu perfil e tarefas no Habitica

Pact

Esse foi o app que salvou minhas idas à academia. Você “aposta” com o Pact quantos dias irá malhar por semana – se você cumprir a aposta, ganha dinheiro (alguns centavos de dólar). Se você não cumprir, perde pelo menos 5 dólares para cada dia que não foi! Esse app só serve para os muito disciplinados ou muito pão-duros (meu caso). Graças a ele, estou indo direitinho no Krav-Maga e na musculação.

Screenshot_2016-03-04-21-40-41

Uma semana de exercícios concluídos no Pact

Meu Calendário Menstrual

Uso esse app principalmente para controlar os dias de tomar meu anticoncepcional e fazer previsão de quando a minha menstruação vai vir, mas ele também permite adicionar diariamente sintomas de TPM, humor, peso e temperatura, além de outras opções.

Screenshot_2016-03-04-21-44-42

Tela principal do Meu Calendário Menstrual

Duolingo

Eu costumava usar a versão web, mas sempre esquecia e ficava semanas sem treinar francês, e meu nível de conhecimentos acabava diminuindo… Treinando pelo celular eu mantenho uma frequência melhor, e os exercícios são mais dinâmicos, o que aumenta a minha vontade de praticar.

Screenshot_2016-03-04-21-37-38

Progresso no Duolingo

E vocês, leitores? Quais aplicativos  mais ajudam no dia-a-dia?

Mês do Mínimo – Semana 5

Esta é a última semana do desafio Mês do Mínimo.

26/10 – Caixa de jóias

Fiz um destralhe recentemente na minha caixa de bijuterias, falei sobre isso nesse post. Mas como comprei um colar novo, me desfiz de um antigo para aproveitar a tarefa do dia.

collage

Esquerda: colar novo. Direita: colar antigo

27/10 – Limpe seu armário

No meio do ano, fiz a costumeira limpeza semestral no meu guarda-roupa, e também um inventário de todos os itens. Para completar a tarefa do dia eu achei melhor não fazer uma limpeza completa, mas uma reorganização de algumas peças.

Para começar, eu tinha alguns cabides sobrando, então eu resolvi pendurar meus vestidos longos em cabides individuais (antes eu pendurava em cabides triplos).  Também tirei os cachecóis e luvas da prateleira mais baixa e coloquei as roupas de academia e do Krav-Maga, que estavam ocupando muito espaço junto das calças e shorts. Os cachecóis agora ficam pendurados em um cabide, perto dos casacos pesados.  A imagem abaixo mostra como ficou:

20151027_185109

28/10 – Diminua o número de móveis

Ok, para quem tem uma casa grande e dezenas de móveis, essa tarefa até faz sentido. Mas eu moro num apartamento minúsculo que cabem pouquíssimos móveis, então só tenho o necessário. Se eu me desfizer de algum, vai fazer bastante falta!

29/10 – Roupas de cama e banho

Já falei aqui sobre a minha roupa de cama/mesa banho: tenho 4 conjuntos de roupas de cama e 4 de toalhas de banho e rosto, todos comprados recentemente. Para mim é a quantidade ideal, não preciso de mais nem de menos.

30/10 – Porão/sótão/garagem

Não tenho nenhum desses cômodos no meu micro-apê, então não realizei essa tarefa.

Conclusão:

Comecei bastante animada com o desafio, mas fiquei um pouco decepcionada porque não precisei realizar uma grande parte das tarefas. Olhando pelo lado positivo: todas as tarefas que não realizei foi porque não precisava, nem tinha o que destralhar! Devo ser muito mais minimalista que eu pensava 😀 . Esse desafio é mais adequado para quem tem casa grande e família, e muitas coisas para organizar. De qualquer forma, foi interessante realizá-lo.

Mês do Mínimo – Semana 4

Chegamos à penúltima semana do desafio:

19/10 – Lavanderia

Não tenho uma lavanderia, nem uma área de serviço 😦 , então o que fiz foi organizar o armário do banheiro onde guardo meus produtos de limpeza. Não tinha nada fora de validade, nem produtos sobrando. Como tenho pouquíssimo espaço, tenho apenas 1 produto de cada tipo para usar no dia-a-dia, e quando algo está perto de acabar eu compro mais um. Estou com um probleminha para guardar reservas de itens como esponjas e panos de limpeza, eles estão meio “jogados”, então arrumei da melhor forma que pude, mas pretendo resolver isso logo.

20/10 – Materiais de artesanato

Não tenho muitos materiais de artesanato – algumas washi tapes, alguns papéis, contact e pronto. As fitas adesivas ficam numa gaveta da escrivaninha, os papéis estão em cima do guarda-roupa. Não estou satisfeita com essa “organização”, preciso arrumar um jeito melhor, mas ainda não sei como.

21/10 – Limpe seu carro

Nem tenho carro! Mais uma tarefa “pulada”.

22/10 – Organize suas receitas

Eu guardo todas as minhas receitas no Evernote, assim não acumulo papéis e posso cozinhar usando o celular/computador para olhar a receita que preciso. Costumo procurar receitas em sites/blogs, favorito no navegador e depois transfiro para o Evernote, só que nos últimos meses acumulei dezenas de páginas favoritadas, minha pasta de “Receitas” estava lotada e nada de eu organizar. Aproveitei esse dia para transferir tudo para o Evernote e organizar por tags, etc. Só deixei no navegador algumas receitas em inglês que preciso traduzir.

23/10 – Vasilhas de plástico

Não tenho muitas dessas vasilhas porque meu espaço é limitado. Felizmente, nenhum dos meus potes de plástico está quebrado/sem tampa, então não precisei jogar nada fora.

24/10 – Limpeza familiar

Uma das vantagens de morar sozinha é não ter que se preocupar com a tralha alheia. Não foi necessário fazer a tarefa de hoje.

25/10 – Temperos

Já mostrei a minha nova organização de temperos aqui no blog. Verifiquei meus temperos e todos estão dentro do prazo de validade. Não tinha nada para jogar fora!

Mês do Mínimo – Semana 3

Vamos à 3ª semana do desafio:

12/10 – Armário do banheiro

No armarinho do meu banheiro não precisei mexer em nada: não tinha nenhum produto sobrando/fora de validade, e tudo estava bem organizado. Também dei uma olhada na minha caixinha de remédios, verifiquei a validade de um por um e achei dois vencidos. Esses foram para o lixo.

13/10 – Despensa

Não tenho uma despensa, eu guardo os alimentos que não vão para a geladeira no armário da cozinha mesmo, que é bem pequeno. Gostaria de organizá-lo melhor, como vejo algumas despensas maravilhosamente organizadas no Pinterest, mas ainda não posso. Ele não é bagunçado, no entanto. O que fiz foi verificar se tinha algum alimento fora de validade, achei uma caixinha de caldo de carne vencida e joguei fora.

14/10 – Limpe sua geladeira

Confesso que não limpei a geladeira (estava cansada e com preguiça 😛 ), só dei uma olhada para ver se havia algo fora de validade. Como eu moro sozinha, evito comprar muitos alimentos para não perdê-los, então a minha geladeira quase nunca fica cheia. De qualquer forma, eu quase não esqueço as comidas dentro dela.

15/10 – Brinquedos

Não tenho filhos, portanto não tenho brinquedos em casa, então não realizei a tarefa do dia.

16/10 – Organize sua correspondência

Posso dizer com orgulho que a minha correspondência já é bastante organizada! Eu costumo receber apenas contas, e as deixo na caixinha de correspondências sobre a minha escrivaninha até a data do pagamento. Depois que pago as contas, guardo-as na pasta de contas pagas, agrupadas por tipo (condomínio/aluguel/energia elétrica/etc).

17/10 – Desconecte-se do virtual

Ok, falhei na tarefa! Só na metade do dia, depois de já ter mexido nas redes sociais, no smartphone e no computador, é que eu lembrei que deveria ter passado o dia desconectada. Vocês sabem, o mundo virtual é minha fraqueza. 😦

18/10 – Bolsa

Eu ando de mochila 90% do tempo. Aqui está tudo o que carrego todos os dias dentro dela:

20151019_223904

Conteúdo da minha mochila

  • Sombrinha: gosto de deixá-la na mochila para não ser pega desprevenida pela chuva.
  • Carteirinha da academia, ficha de musculação e cadeado do armário: vou para a academia com a mesma mochila, então deixo as coisas mais leves dentro dela sempre.
  • Carteira
  • Carregador do celular: levo para recarregar a bateria do telefone no trabalho
  • Cartão do ônibus: deixo na mochila para usar quando preciso
  • Pen drives: desde a época de faculdade, sempre carreguei os dois na mochila. Hoje em dia quase não os uso, mas às vezes preciso pegar arquivos, então vou manter o de 2 Gb na mochila e guardar o de 8 Gb em casa.
  • Escova de dentes e creme dental
  • Espelho
  • Lixa de unha
  • Remédio para enxaqueca: levo para o caso de ter alguma crise quando estou fora de casa, sem o remédio eu passo por maus bocados
  • Lenços removedores de esmalte: ok, desnecessário. Eu deixava na mochila para o caso de querer limpar meu esmalte se eu estragá-lo muito (eu roo as unhas e às vezes descasco todo o esmalte), mas isso aconteceu no máximo três vezes, vou deixar o potinho em casa agora.
  • Protetor labial: gosto de usar e deixo na mochila porque estou sempre precisando.

Retirei dois itens que considero desnecessários, não foi uma grande limpeza mas eu não quero deixar de carregar mais nada por enquanto. Isso me lembra que fiz um post sobre o que carregava na mochila na época de faculdade, está aqui o link!

Mês do Mínimo – Semana 2

Essa foi a segunda semana do desafio Mês do Mínimo!

05/10 – Coleção de maquiagens

O post original dizia para avaliar todos os produtos de beleza e se livrar do que não fosse necessário. Eu já tenho poucos produtos desse tipo, e desde que fiz esse desafio no início do ano não mudou muito. O sabonete e a loção tonificante para o rosto acabaram e eu não comprei outros. E ganhei um creme hidratante de aniversário, não costumo comprar esse tipo de coisa, mas como foi presente (e eu gostei) estou usando, mas beeeem de vez em quando.

Resolvi focar essa tarefa na caixa de esmaltes. Separei para jogar fora os que eu não gostava mais e estavam na metade/quase acabando (3 vidros), além de um potinho com aquelas bolinhas para fazer “unha caviar”, que nunca usei, e uma caixa com unhas postiças.

Essa história das unhas postiças é meio doida. Eu não uso essas coisas, mas comprei porque uma vez tive uma infecção num dedo e a unha caiu. Para não ficar sem passar esmalte em um dedo só, comprei a caixinha de unhas e só usava em um dedo! 😀 Dois meses depois a minha unha cresceu, e a caixa ficou lá, inútil. Hoje ela foi para o lixo.

Também decidi que, a partir de agora, terei apenas 5 esmaltes + 1 base para usar. E só vou comprar mais quando um ou mais vidros acabarem.

collage

Esmaltes que vou manter X coisas que joguei fora

06/10 – “Unfollow” e “unfriend”

Fiz isso há pouco tempo, falei sobre unfollow/unfriend nas redes socias aqui.

07/10 – Limpe sua cômoda/seu criado-mudo

Nem precisei realizar essa tarefa! Meu criado-mudo é bem organizado, tento mantê-lo o mais minimalista possível. A única coisa que fiz foi jogar fora a caixa do relógio que mantenho sobre o criado-mudo. A caixa do relógio estava dentro dessa caixa estampada, que é onde eu guardo cabos e outros acessórios dos meus eletrônicos, além das caixas originais.

08/10 – Sob a pia

A tarefa era fazer uma limpeza nos armários que ficam sob as pias da cozinha e do banheiro. O problema é que: não tenho armários em nenhum desses lugares. A vantagem é que facilita a limpeza e organização. A desvantagem para mim é somente na cozinha, porque falta espaço para guardar minhas coisas, um armário sob a pia ajudaria bastante.

09/10 – Enfeites de Natal

Outra tarefa que não realizei, porque não tenho nenhum enfeite de Natal em casa.

10/10 – Limpe as bancadas

De acordo com o post original do desafio, eu deveria retirar coisas desnecessárias da bancada da cozinha para criar espaço. Entretanto, minha cozinha é minúscula, e eu só mantenho coisas absolutamente necessárias sobre a bancada da pia, que são um pano de pia e um porta detergente/esponjas.

11/10 – Livros

No momento, eu tenho um total de zero livros em casa (na verdade, tenho um livro: o que uso no curso de Francês), então não precisei realizar essa tarefa também! Só tenho livros virtuais que leio no Kindle, e tento manter nele apenas os que vou ler/estou lendo. Os que eu já li, apago do dispositivo, mas deixo no computador. Quero adotar um método melhor de organização para o Kindle, mas isso vai ficar para o futuro.

Parece até que eu não fiz nada nessa segunda semana, mas eu realmente não precisei cumprir a maioria das tarefas! Acho que isso é bom, no fim das contas, mostra que eu sou mais organizada/minimalista que eu esperava. 🙂

Mês do Mínimo – Semana 1

Os primeiros dias do desafio Mês do Mínimo foram assim:

01/10 – Limpe sua caixa de entrada de emails

Essa tarefa foi bem fácil. Minha caixa de entrada costuma ser bem limpa, mas ela não estava vazia: tinha dois emails de lojas com códigos de desconto, que eu excluí, e um email com links e arquivos de uma palestra, que eu guardei no Evernote.

02/10 – 5 itens

Essa tarefa pedia para escolher 5 itens para serem descartados. Numa passada rápida pela casa, peguei uns pedaços de corda/barbante/fios que estavam na minha caixa de costura, 4 bottons velhos, uma tampa sem vasilha, uma miçanga de um brinco que já joguei fora e uns pedaços de papelão que guardei para fazer caixas, mas não ia usar mais.

DSC_0117

Os cinco itens descartados

03/10 – Limpe a gaveta da bagunça

Minha “gaveta da bagunça” é a primeira gaveta da minha escrivaninha. Nela eu costumo guardar o bloco de notas de serviço que preciso fazer, uma bolsinha com moedas extras e os folhetos de delivery de comida. Ultimamente eu vinha acumulando os comprovantes de envio das coisas que vendo no Enjoei, então ela foi virando essa zona que vocês vão ver na foto abaixo. No fim das contas, o que eu fiz foi jogar os comprovantes fora e juntar os folhetos de delivery com um clipe.

Gaveta da bagunça: antes e depois

Gaveta da bagunça: antes e depois

04/10 – Destralhe sua mente

Eu deveria ter tirado um tempo para ficar sozinha e organizar meus pensamentos, mas era domingo e meu namorado passou o dia lá em casa, então não realizei a tarefa. Não acho que foi um problema, no entanto, pois foi um dia ótimo e tranquilo, sem preocupações.