Resultados do desafio Julho sem Plástico

Estou de volta! No mês passado eu decidi participar do desafio Julho sem Plástico, e apesar de estar meio desanimada e não conseguir realizar todas as tarefas que me propus a fazer, achei que deveria mostrar os resultados mesmo assim.

O que deu errado:

  • Pedi delivery com embalagem de isopor/plástico
  • Aceitei sacolas em algumas lojas
  • Aceitei canudos em restaurantes

O que deu certo:

  • Comprei produtos em embalagens de papel/vidro ao invés de plástico
  • Reciclei todos os plásticos
  • Recusei várias sacolas
  • Não usei filme plástico para embalar alimentos

Comentários:

É bem difícil não usar plástico! A maioria dos produtos possui embalagens plásticas, e algumas alternativas são mais caras – por exemplo, farinha de trigo com embalagem de papel. Nos restaurantes, eu só lembrava de recusar os canudos quando já estava usando, e confesso que fiquei com preguiça de deixar de pedir comida só por causa da embalagem. Eu sei que o desafio propunha que fizéssemos um certo sacrifício, mas o mês de julho não foi muito bom para mim, estive muito relapsa,  por isso dei um tempo no blog.

Ainda que o desafio não tenha dado muito certo, quero adotar os hábitos de recusar os canudos e de comprar produtos com embalagens não-plásticas, desde que eles sejam tão baratos quanto as alternativas. Já faz um tempo que recuso as sacolas plásticas, mas ainda não consegui fazer isso com todas que me oferecem. Por fim, vou participar do desafio novamente no próximo ano, espero fazer melhor da próxima!

Anúncios

Desafio: Julho sem Plástico

A Plastic-Free July (Julho Sem Plástico) é uma campanha australiana que visa à conscientização da população sobre o uso excessivo de plástico e seu impacto no meio ambiente. A campanha convida as pessoas a reduzirem o uso de plástico durante o mês de Julho, fornecendo várias dicas e alternativas mais sustentáveis.

Há algumas semanas eu publiquei um post sobre os hábitos sustentáveis que estou adotando, e esse desafio veio em boa hora. O foco nesse mês, ao invés de reciclagem, será a redução do lixo e do consumo de plástico na minha casa.

Para o desafio, eu decidi realizar as seguintes ações:

  • Recusar todas as sacolas plásticas de compras
  • Recusar canudos em lanchonetes/restaurantes
  • Não usar filme plástico para embalar alimentos
  • Comprar refis ou embalagens econômicas de produtos de limpeza e higiene
  • Comprar produtos em embalagens de papel ou metal, para facilitar a reciclagem
  • Evitar embalagens de isopor

No fim de julho vou escrever sobre o que eu fiz efetivamente, o que deu certo e o que deu errado no desafio.  Quem quiser participar do desafio pode se cadastrar no site da campanha para receber dicas e materiais para download.  Outros links interessantes: