Destralhe digital, parte I: celular

Início de ano, para mim, é uma época de limpeza e organização da casa, do armário, da papelada… No entanto, não costumo dar a mesma atenção à minha vida digital, por assim dizer. Agora, como meu computador cada vez mais lento, a pasta de Outros Favoritos do navegador cada vez mais cheia e meu telefone cada vez mais lotado de imagens, decidi iniciar 2017 com um bom destralhe digital, dividido em três partes.

Para a primeira parte, escolhi fazer uma limpeza no smartphone e defini três tarefas:

  1. Apagar fotos, vídeos e arquivos: com exceção de poucas fotos que tirei esse ano e alguns ícones, apaguei absolutamente todos os arquivos do meu telefone. As fotos importantes, de viagens e etc, eu salvei no Dropbox. O resto dos arquivos, que não me farão falta, apaguei sem dó.
  2. Desinstalar apps que não uso: não sou acumuladora de aplicativos, mas apaguei alguns jogos (adeus, Pokemon Go!) e outros apps que não usava há um tempo, e desativei os apps nativos que não podem ser apagados. Aproveitei para atualizar todos os que ficaram.
  3. Desativar notificações desnecessárias: detesto notificações insistentes de aplicativos, principalmente porque eu sempre me distraio com elas, então prefiro deixar a maioria desativada. Analisei as configurações de todos os apps que geram notificação e desliguei as que não preciso. Hoje só recebo notificações de mensagens pessoais no Whatsapp (e de um ou outro grupo que considero importante – o do trabalho, por exemplo, eu marco a opção de ignorar por 1 ano 😀 ), respostas diretas no Twitter, e do Messenger do Facebook (que quase não uso também).

As próximas partes desse destralhe serão mais difíceis: planejo fazer uma limpeza geral no meu notebook e, por fim, uma na “internet”: vou organizar favoritos, avaliar minhas redes sociais, etc. Fiquem de olho nos próximos posts!

Aplicativos que me ajudam a me organizar

Assim como a maioria das pessoas, adoro as facilidades que smartphones e aplicativos oferecem mas, tirando as redes sociais, gosto de ter no meu telefone apenas apps úteis  – quando percebo que não estou usando um aplicativo, desinstalo. Odeio ocupar memória e espaço de tela do meu celular à toa. Vou listar aqui quatro aplicativos que me ajudam a cumprir minhas tarefas e a manter minha vida organizada.

Habitica

Esse aplicativo para controlar tarefas e hábitos é excelente. Ele funciona como um jogo de RPG: você tem um personagem e, a cada tarefa que realiza, ganha moedas e experiência. Se você deixar de realizar as tarefas, perde pontos de vida. É bem divertido, e as recompensas funcionam como um incentivo a mais para manter seus hábitos em dia!

Meu perfil e tarefas no Habitica

Meu perfil e tarefas no Habitica

Pact

Esse foi o app que salvou minhas idas à academia. Você “aposta” com o Pact quantos dias irá malhar por semana – se você cumprir a aposta, ganha dinheiro (alguns centavos de dólar). Se você não cumprir, perde pelo menos 5 dólares para cada dia que não foi! Esse app só serve para os muito disciplinados ou muito pão-duros (meu caso). Graças a ele, estou indo direitinho no Krav-Maga e na musculação.

Screenshot_2016-03-04-21-40-41

Uma semana de exercícios concluídos no Pact

Meu Calendário Menstrual

Uso esse app principalmente para controlar os dias de tomar meu anticoncepcional e fazer previsão de quando a minha menstruação vai vir, mas ele também permite adicionar diariamente sintomas de TPM, humor, peso e temperatura, além de outras opções.

Screenshot_2016-03-04-21-44-42

Tela principal do Meu Calendário Menstrual

Duolingo

Eu costumava usar a versão web, mas sempre esquecia e ficava semanas sem treinar francês, e meu nível de conhecimentos acabava diminuindo… Treinando pelo celular eu mantenho uma frequência melhor, e os exercícios são mais dinâmicos, o que aumenta a minha vontade de praticar.

Screenshot_2016-03-04-21-37-38

Progresso no Duolingo

E vocês, leitores? Quais aplicativos  mais ajudam no dia-a-dia?